Olá jovens aficcionados pelas pérolas escondidas do Magic! Esta semana vamos explorar as decklists do Pto Tour Amonkhet que por algum motivo ficaram de fora do Top8 do torneio. Seja porquê o piloto não foi bem nos drafts ou perdeu no desempate, todo Pro Tour temos alguma pérola que escapa dos olhares dos jogadores por algum motivo.

Pra começar a nossa série, um arquétipo que estava bem cotado antes do torneio e mesmo tendo conseguido alguns belos resultados acabou ficando de fora do Top8, o UR Control


Peter Vieren – UR Control – Pro Tour Amonkhet

Criaturas (4)

Consolidado como o principal deck de controle do formato, esta versão tem muitas contramágicas capazes de segurar os baralhos de Marvel e com um matchup equilibrado contra Zumbis e Veículos graças a Esguicho de Magma capaz de exilar Parasita de Sucata e os zumbis com habilidades de voltar pro jogo direto do cemitério, além de Sóis Escaldantes para limpar a mesa.

Como os matchups contra os principais arquétipos do formato é razoavelmente equilibrado, o UR Control é um deck que requer um nível de conhecimento e habilidade bem grande pra desequilibrar as partidas a seu favor. É preciso paciência e sangue frio pra guardar suas respostas contra cartas específicas pro momento certo, ou deixar de jogar uma mágica no fim do turno pra deixar suas manas livres representando uma anulação. Se este for seu estilo de jogo, recomendo fortemente este baralho pro Game Day, PPTQs ou torneios locais. Se for marinheiro de primeira viagem neste estilo Draw-go, acho importante treinar muito e ter disciplina pra guardar suas mágicas.

Uma particularidade deste deck é que ele oferece os piores alvos pro oponente que joga com Ulamog, a Fome Interminável. Normalmente suas únicas permanentes são terrenos (de preferência muitos). Salvo um ocasional Mecanotitã Torrencial ou Fumarola Errante que esteja adiantado no jogo aponto de estar atacando, todos os outros alvos possíveis são péssimos pro Ulamog, que via de regra será anulado (se sua disciplina estiver em dia e tenha uma anulação na mão esperando por ele).

O Sideboard tem opções pra você tirar cartas meio mortas em determinados Matchups e esculpir suas melhores 60 cartas pra cada situação Não sei quem desenvolveu este deck originalmente mas com certeza usou o Elephant Method descrito pelo Zvi Mowshowitz neste artigo.

A interação entre Mecanotitã Torrencial e Gravar//Memória parece ótima em jogos onde você precisa gastar seus recursos rapidamente pra conter a agressão do oponente e depois recompor sua mão da forma mais eficiente possível. Torre Dinavolt aparece aqui em seu auge num baralho com 30+ mágicas e Coisa no Gelo é um excelente bloqueador com o potencial de remoção em massa contra tokens de Zumbis.

Resumindo, se você é um jogador de control e estava com saudade de faer “Ilha, vai.” este deck pode te fazer feliz pelo resto da temporada! É difícil de pilotar com eficiência e pode deixar os jogadores mais afobadinhos na mão se eles saírem matando e anulando tudo o que virem pela frente.

Anúncios