Depois do Pro Tour Kaladesh, os principais decks do metagame do Standard se consolidaram, com BG Delirium claramente sendo o principal arquétipo, seguido de UW Flash e depois vários decks agressivos como Veículos e BR Zombie Madness.

Em um metagame já previsível, é possível enxergar “buracos” no metagame e escolher um deck de acordo, e foi exatamente isto que o nosso mundialmente conhecido Marcos Paulo “Obama” Freitas fez para alcançar o Top8 do GP Santiago.

Enfrentar um metagame cujos dois principais decks usam ângulos radicalmente diferentes é um grande desafio. No caso um Main deck muito bom conta o principal deck (BG) e um plano de sideboard que equilibre as coisas contra UW Flash e os decks agros é um caminho razoável.

 

Vamos à lista, e em seguida aos detalhes.


Marcos Paulo de Jesus Freitas – GP Santiago Top8

Criaturas (14)

Outras Mágicas (23)

Terrenos(23)

SIDEBOARD (15)


 

A idéia básica do baralho é colocar Colosso de Serralheria em jogo o mais rápido possível. Para isso usa de artefatos que diminuem o custo do Colosso, como Prisma Profético, Quebra-cabeças e alguns veículos. Com uma boa mão é possível fazer o Colosso no turno 4, embora o normal seja jogá-lo no turno 5. Prisma Profético e Garça Nidilume adicionam consistência ao plano, enquanto Armadilha Inescapável, remoções e veículos, especialmente Soberana Celeste, Capitânea do Cônsul, ajudam a segurar as criaturas do oponente, especialmente quando tripulado por Inspetor da Fundição, que ajuda a diminuir o custo dos seus outros artefatos.

Santuário de Ugin de ajuda a fazer a jogada principal do deck, que é o Colosso de Serralheria seguido de Demônio das Profundezas Ancião, tirando os bloqueadores da frente pro Colosso causar o dano.

Apesar de extremamente poderoso, o BG Delirium é um pouco lento e pode ter dificuldades contra uma criatura muito grande entrando em jogo muito cedo, especialmente quando junto dela vem o Demônio das Profundezas Ancião virando a Ishkanah, Viúva-de-cemitério e seus filhotes e limpando o caminho pro Colosso de Serralheria causar seus 10 de dano e por o oponente em maus lençóis.

Contra o UW Flash a coisa é um pouco mais complicada especialmente se o UW começar o jogo. Supressor de Mágicas pode quebrar seu plano de acelerar o Colosso de Serralheria e te colocar muito pra trás no Tempo. Não é um matchup impossível, especialmente depois do Sideboard, quando entra Lágrimas de Valakut (e um oponente desavisado pode dar side out nos Espírito Altruísta, facilitando o trabalho pra Sabotagem Incendiária). Talvez alguma modificação no Sideboard para melhorar este matchup seja uma boa idéia, podemos discutir sugestões nos comentários.
Já contra os decks agressivos este mesmo plano de sideboard é mais efetivo. A presença destes decks não é tão predoninante quanto UW e Delirium, mas ainda assim é um matchup que pode aparecer eventualmente e o deck consegue lidar de forma razoável.

Em suma, UR Colossus é um excelente deck para pegar um ambiente de surpresa, que está bem posicionado enquanto o Delirium for o principal deck do formato, mas que perde um pouco de força uma vez esperado, por ter um plano de jogo razoavelmente fácil de se combater. Mesmo assim eu recomendo fortemente para um PPTQ ou outro torneio de porte médio/grande, onde ele pode surpreender.

Anúncios