Bem amigos testadores do novo formato!

Continuando nossa série de listas e pensamentos sobre o novo Standard, vamos ressucitar um arquétipo bem poderoso da temporada passada que acabou sendo ofuscado pelos decks de Companhia Agrupada. Com vocês a nova encaranação do GW Tokens!!

A base da estratégia é usar Nissa, Voz de Zendikar e Gideon, Aliado de Zendikar como um mecanismo de gerar criaturas para “floodar” a mesa com tokens, protegente os planeswalkers se preciso e depois transformar estes tokens em criaturas gigantes com o emblema do Gideon, a habilidade da Nissa ou com a mais recente adição Mecanotitã Verdejante.

Recheando as listas uma curva de mana com ameaças absurdamente poderosas que mais tarde no jogo só melhoram como Advogado Silvestre, Rastreador Incansável e Arcanjo Avacyn.

Uma das criaturas que mais se beneficiam dos marcadores +1/+1 é o Socorrista Aéreo (inexplicavelmente fora da lista principal do Michael Majors) . Com voar e vigilância, ele rapidamente domina a mesa e segura seu jogo, te dando tempo de enterrar o oponente em vantagem de criaturas.

Além de uma excelente curva cheia de ameaças poderosas, os geradores de Pistas garantem o gás necessário no late game, e os marcadores +1/+1 rapidamente tiram suas criaturas do alcance do Retorno de Kozilek vindo do cemitério dos baralhos de Emergir, que segundo se espera, continuam uma das principais estratégias deste novo Standard.

Seguem duas versões do baralho, sugeridas por Michael Majors e Patrick Chapin. Com pequenas diferenças, basicamente é a mesma ideia, embora Chapin se arrisque ao apostar em Enxerto do Suturador junto com suas muitas criaturas com vigilância (incluindo o Socorrista Aéreo ausente da lista principal de Majors). A lista de remoções também têm algumas diferenças, mas como sempre acontece nesta época de rotação, estas listas preliminares têm muita margem pra se adaptar enquanto o formato se adapta e as principais ameaças se tornam mais claras.

GW Tokens – Michael Majors

Creatures (19)

Planeswalkers (8)

Lands (25)

Anúncios