Após o release de Lua Arcana e o Pro Tour Sidney observamos um formato Standard com duas estratégias dominantes: criaturas de alto valor e custo baixo + Companhia Agrupada e utilização do cemitério, explorando a mecânica de Delírio, indo para o late game com ameaças grandes como Emrakul, o Fim Prometido e Demônio das Profundezas Ancião.

Chris Botelho, top8 do GP Portland desse último final de semana e primeiro classificado no suíço, leu muito bem o metagame, montou uma lista que gira muito bem em torno dessas estratégias e tem uma finalização muito difícil de contornar! Com a ausência de decks controladores baseados em anulações, poucas formas de descartes e a impopularidade da destruição de permanentes a interação Pacto Demoníaco + Oferta Inofensiva tornou-se possível e muito eficiente.

O main deck não tem outra kill condition e nenhuma criatura, mas é isso mesmo! Utilizando o tutor Petição Obscura fica muito mais fácil encontrar as peças necessárias para o combo, Antecipar e Juramento de Jace se encaixam nessa função também. Enquanto isso não ocorre, o deck abusa de remoções de baixo custo e destruições em massa.

O sideboard não traz kill conditions diferentes. Silumgar, Soberano Dragão está mais para um fator de controle da mesa do que uma forma de arrancar 20 pontos de dano do seu oponente. Deste modo, o sideboard está mais focado em ir contra os melhores decks do formato, com anulações, mais uma cópia do combo e saídas vantajosas contra a supremacia midrange dos decks de Delírio e Emergir.

Este deck é uma ótima opção para o cenário atual do standard e se vira bem na maioria das situações…por enquanto…pois estamos falando do formato que se transforma cada semana.

Deck:

Terrenos(26):

Planeswalker (2):

Feitiços (11):

Mágicas Instantâneas (10):

Encantamentos(11):

Sideboard(15):

Anúncios