Avanço de mana e “tutorabilidade” são dois conceitos fundamentalmente poderosos, que foram descritos AQUI num artigo sobre a carta Companhia Agrupada. Resumidamente, se alguma carta tem similaridades com Ritual Sombrio ou com Tutor Demoníaco, devemos ligar o sinal de alerta. Se por algum motivo essa carta tiver similaridade com ambos, aí sim, soem os alarmes!

OK! já vi isso antes: Casulo de Nascimento era certamente melhor pois fazia a mesma coisa e era recursivo. Entretanto além do sacrifício a carta era mais “cara” (mínimo de 4 manas  pelo efeito), gastava vida (2 de vida para cada mana a menos) e obrigava a buscar alguma criatura de com custo exato (1 a mais do que a criatura sacrificada). Evolução Arcana é a evolução do Casulo de Nascimento, de certa forma, o feitiço é mais flexível e  mais poderoso, como um rifle sniper de um único tiro mas que acerta de forma muito precisa.

 

Agora Vamos construir o deck!

Etapa 1: Ver o que já existe do mesmo arquétipo.

MAGNUS LANTTO – Campeão, GRAND PRIX MILAN 2015

Criaturas (28)

Outras Mágicas (9)

Terrenos (23)

Sideboard (15)

 

BRIAN LIU, Compeão – GRAND PRIX RICHMOND 2014

Criaturas (30)

Outras Mágicas (7)

Terrenos (23)

Sideboard (15)

 

Muito se pode aprender com essas listas: A base de mana; O plano B de Condado de Gavony; As criaturas de valor, que não se importam de serem sacrificadas; As criaturas alvo do efeito de tutor e os combos de criatura. Uma coisa importante a se manter em mente é que os decks de Casulo de Nascimento ganhavam com a vantagem incremental, ou seja, sacrificavam uma criatura e buscavam outra que também seria sacrificada, sempre fazendo algo a mais e criando uma avalanche de vantagens que levaria a vitória. Evolução Arcana não faz isso; Ela vai direto ao topo, logo, vamos cortar as cartas da embromação como Barrete Vermelho Assassino e Exarca Tumbeiro e pular para as cartas mais impactantes de cada curva. Também vamos analisar quais são as melhores criaturas de sacrifício e quais cartas as cores vermelha, azul e preta oferecem, pois o verde e branco já formam a base do deck.

Começando com os combos:

Kiki-Jiki, o Estilhacador de Espelhos + Anjo da Restauração (ou Recrutas Zelosos ou Exarca Enganador)

Melira, Pária Silvoque (ou Anafenza, Espírito da Árvore de Família) + Vidente Visceral (ou qualquer dispositivo de sacrifício)+ Informantes de Cozinha

Alimentador de Espículos + Arcanjo de Thune (funciona também com Vidente Visceral + Informantes de Cozinha)

Minha preferência é pelos combos com apenas duas cartas, que utilizem criaturas boas mesmo quando não estejam “combando” e combos que possam utilizar mais do que 1 carta de uma das partes do combo.: Ex.: Anjo da Restauração é ótimo de se  conjurar naturalmente com qualquer carta do deck. 2 Anjos no campo de batalha vão ganhar o jogo muitas vezes. Já a Melira, Pária Silvoque não faz nada sozinha.

Cartas mais impactantes por cor:

Vermelho – Lua Maligna; Magus da Lua; Pia e Kiran Nalar; Lavamante Sombrio; Nahiri, a Anunciadora

Azul – Arquimaga de Glen Elendra; Estatimago Izzet; Keranos, Deus das Tempestades; Negar

Preto – Pontífice Orzhov ; Coletor de Pecados; Capturar Pensamento; Rinoceronte de Cerco; Nekrataal.

*Atualmente O deus encantamento Queranos não é tão bom, pois sua principal arma era ganhar dos decks Jeskai controladores, mas estes agora possuem Nahiri.

Melhores cartas para serem sacrificadas:

Voz da Ressurgência; Informantes de Cozinha; Geist da Raiz Estrangulante. * A Voz da Ressurgência é a carta ideal, pois ela permite “curvar” na Evolução Arcana e sua habilidade de punir mágicas do oponente no seu turno equilibra a “fraqueza” do feitiço contra anulações (perde a criatura sacrificada como custo e não busca nada).

Voice

Cartas da “caixa de ferramentas”, conjunto de criaturas boas em momentos específicos que ficam aguardando para serem buscadas: Sábio da Reinvidicação; Testemunha Eterna; Desprezador de Mágicas; Lodo Necrófago, etc.

Com todas essas informações eu recomendo usar o vermelho como cor adicional e o combo de Anjo da Restauração + Kiki-Jiki.

Também recomendo usar Asas da Alvorada, pois é a carta ideal para buscar contra os decks controladores. Quanto as mágicas, vamos colocar dois Acorde do Chamado para aumentar a consistencia das buscas, Nahiri e Caminho para o Exílio entram para ganhar tempo até que a vantagem do deck tome conta da partida. Vamos colocar um pouco de azul no Side para Arquimaga de Glen Elendra.

Listando o deck:

Criaturas (25)

Outras Mágicas (10)

Terrenos: Para a mana nós precisamos gerar 1 verde no turno 1, branca no turno 2, duas verdes no 3 e duas vermelhas no 4. Sendo que a mana vermelha não faz muita falta, pois o deck só possui duas cartas na cor e espera-se que elas sejam buscadas na maioria das veses. Também vamos encaixar dois Condado de Gavony!

Terrenos (23)

Sideboard

Esse é o grande motivo para escolher jogar de Evolução Arcana no lugar de Acorde do Chamado ou Companhia Agrupada. A Evolução Arcana busca qualquer criatura incrivelmente poderosa do Sideboard do Modern. E põe essas criaturas na mesa facilmente no turno 2! Kataki, Magus da Lua, Eidolon da Retórica, são cartas que ganham o jogo praticamente sozinhas contra alguns decks. Com apenas uma de cada no side o jogador tem a chance de comprar como se fossem 5 de cada!

Sideboard (15)

 

Pronto! Deck montado!

Agora é ir batalhar nos Torneios!

Anúncios